quinta-feira, 20 de agosto de 2015

Terra de Ninguém e o Advento do Livro Digital

Romance

Conto

Conto

Conto



As novas ferramentas tecnológicas no campo da internet, trouxeram facilidades também para o meio cultural. E isso se reveste de grande importância em um momento em que este setor da vida quotidiana vem atravessando um período árido, difícil, com obstáculos tremendos para aqueles que gostariam de ver seus escritos publicados, e pretendem colocá-los à disposição da opinião pública. Publicar qualquer trabalho hoje é uma tarefa que acarreta enormes esforços, além de grandes dispêndios. No que pese todos os governos, seja ele federal, estadual ou municipal, possuírem a sua secretaria de cultura e propagandearem aos quatro ventos dedicação a este campo, torna-se quase impossível encontrar meios para a publicação de qualquer coisa com o patrocínio oficial. As tais secretarias são criadas apenas para acomodar aliados e não para tratar da cultura em si, é o que podemos depreender. E assim, quem dispõe de algum recurso sobrando, é obrigado a bancar a impressão do seu próprio trabalho. E são poucos os que se dispõem a arcar com mais essa despesa. O resultado disso é que tem muita gente boa por ai que continua com trabalhos interessantes guardados no fundo de uma gaveta, e que ficarão por lá, esquecidos, por séculos e séculos sem fim.

Felizmente, surgiram empresas que militam no cyber espaço que vieram para contrapor a esse grave problema editorial. É o caso específico da Amazon.com, maior livraria do mundo com atuação na internet e também a primeira editora em volume de livros digitais publicados. Hoje, qualquer cidadão que possua algo interessante no campo das letras e da cultura, pode publicá-lo gratuitamente na Amazon, que ainda oferece as ferramentas para a editoração do seu trabalho. Foi assim que publiquei alguns dos meus guardados recentemente. E não fosse através desse procedimento, dificilmente eles chegariam ao conhecimento do público.

Tenho publicado três contos através desse processo, que já estão à disposição do público: O Relógio da Matriz, Naná e Negociando com a Morte. Já está também à disposição dos leitores o meu primeiro romance, Terra de Ninguém, uma obra que trata da disputa litigiosa travada entre os estados do Piauí e do Ceará pela posse de uma grande possessão de terras. Trato ainda sobre a problemática da seca e de outros temas agudos que atingem a gente residente naquele espaço conhecido por eles como Terra de Ninguém. Endereço eletrônico:(www.amazon.com.br).

Nenhum comentário:

Postar um comentário